Garimpando na Bienal do Livro

Comprinhas... :)

Comprinhas... 🙂

Voltamos da Bienal do Livro com um grande problema. Em pouco tempo não teremos mais espaço em casa para tantos livros e quadrinhos…

Para quem está na dúvida se vale ir para o Riocentro e pagar os R$12,00 da entrada, eu posso dizer sem dúvida que vale e muito. Além de encontrar autores e ficar na fila por horas para conseguir um autográfo (coisa que não fiz dessa vez), as promoções estão boas e os nerds tem motivos de sobra para comemorar.

O stand imperdível para quem gosta de quadrinhos é o da Comix, localizado bem no início do pavilhão verde. Lá encontramos bons títulos a preços ótimos. Por exemplo, edições encadernadas de Monstro do Pântano, Hellblazer, Fábulas, Authority, Ex Machina e Preacher a R$9,90. Além disso, compramos Frequência Global do Warren Ellis completa pelo mesmo preço. Também encontrei o Já fomos a Liga da Justiça completo a R$6,00. Para aumentar a coleção do Alan Moore, trouxemos Tom Strong por apenas R$5,00.  E por curiosidade trouxe Super-Homem – Metropolis também por R$5,00.  Além disso, tem uma variedade enorme de mangás para completar ou para iniciar uma coleção.

Um outro stand que adorei foi o da Livraria da Travessa (pavilhão azul), onde compramos livros de arte a R$19,90. Fiquei apaixonada pela edição especial com a obra completa de Alan Poe, mas esse eu deixei passar. Ah! Nas compras acima de R$20,00 você ganha uma raspadinha que dá desconto na loja do Barra Shopping.

Para quem gosta de livros de arte, outra dica é o stand da Distribuidora Paisagem no pavilhão verde. Lá o negócio é comprar livros da Taschen de R$19,99 ou R$29,99. Muita coisa boa, mas cuidado com o estrago no orçamento no final das compras.

Outra dica é buscar o reembolso do ingresso, apesar de que vi poucos stands com essa opção. Consegui uma boa oportunidade na Editora Madras (pavilhão azul), que publica aqueles livros de filosofia pop. Aliás, todos os títulos estão com 20% de desconto por lá. Ótimo para recuperar os R$12,oo é o espaço da Cia das Letras, que tem títulos variados e uma linha de quadrinhos de qualidade.

Fiquei decepcionada com o stand da Panini, que apesar de enorme e com muitos títulos não oferecia  bons descontos. Além disso, tinha um atendimento ridículo, que fazia  o visitante perguntar o preço de tudo aos atendentes. Muito chato! A Devir também deixou a desejar, pois tinha na maioria títulos importados a preços nada convidativos.

No final das contas achei tudo ótimo. Passei o dia cercada de tudo que mais gosto e em boa companhia. Quer algo melhor?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s